Culturas

Feijão

O Brasil é um dos maiores produtores de feijão do mundo, com uma safra estimada em 3,4 milhões de toneladas. Entre os estados, os que mais produzem estão o Paraná, Minas Gerais, Bahia, São Paulo e Goiás. Em Minas Gerais, o grão é produzido em todas as regiões e possui grande relevância social e econômica, especialmente, como fonte de renda entre produtores e trabalhadores rurais. A Forte Grãos tem a produção de feijão como seu “carro chefe”, sendo umas das primeiras culturas exercidas desde o início das atividades da empresa. Com cerca de 1.400 hectares plantados anualmente, e uma média de produtividade estimada em cerca de 30 sacas por hectare, nossa empresa consegue atingir uma produção anual estimada em 45.000 sacas desse tradicional alimento brasileiro. Por se tratar de uma cultura em que se exige um manejo muito especial, contamos não só com o apoio técnico, mas também dos produtos da Grão de Ouro Agronegócio. Dessa forma, conseguimos obter uma produtividade alta, por se tratar de uma cultura de inverno, além de conseguir produzir um produto de alta qualidade, alcançando as expectativas desse exigente mercado.

 

Café

Com mais de um milhão de hectares plantados, Minas Gerais produz mais da metade de toda a safra brasileira de café. O principal produto de exportação do agronegócio mineiro é vendido para mais de 60 países do mundo.
A modernização da cafeicultura, que atingiu principalmente as médias e grandes propriedades da nossa região, contribuiu diretamente para rentabilidade dos produtores e para a dinamização da produção do grão. Por se tratar de um produto com finalidade majoritariamente exportadora, as exigências para a produção de um café de alta qualidade são altas e demandam grandes esforços dos produtores.
Nesse contexto, a Forte Grãos também atua na produção deste importante produto com uma área plantada de aproximadamente 120 hectares, dos quais 80 hectares são de manejo irrigado. Em uma região privilegiada ambientalmente, a área é cercada pela represa de Furnas, o que contribui para elevar a média de produtividade da empresa, que nas últimas safras atingiu médias de produtividade de 40 sacas por hectare, totalizando uma safra para a empresa de cerca de 5.000 sacas do melhor tipo de café, o arábica.

 

Milho

O Brasil hoje é uma das referências mundiais quando o assunto é produção de grãos. Mais especificamente sobre o milho, hoje o Brasil ocupa a terceira posição dos maiores produtores do grão no mundo. Dentro desse cenário, o estado de Minas Gerais vem se destacando nesta cultura com uma produção média estimada em 06 milhões toneladas nos últimos anos. Sobre o sul de Minas, apesar de existir um grande movimento regional de migração produtiva para a cultura da soja, o milho ainda se mostra como uma interessante oportunidade para os produtores dessa região. Por este motivo, a Forte Grãos aposta nesta cultura e vem plantando nas últimas safras uma área média de 800 hectares, se tornando reconhecida na região pela qualidade dos grãos, utilização de equipamentos modernos e insumos de qualidade fornecidos pela também empresa do grupo, a Grão de Ouro Agronegócios. Com todos esses meios envolvidos, a nossa empresa vem conseguindo obter nos últimos uma produtividade média para esta cultura de cerca de 190 sacas por hectare, totalizando uma safra de 130.000 sacas, o que nos torna referência para a agricultura da nossa região.

 

Soja

O sul de Minas Gerais, região de destaque na produção de café e importante bacia leiteira, vem apresentando um aumento expressivo na produção de soja. Pelas características aqui encontradas, o grão tem conseguido atingir ótimos níveis de produtividade. Pelo fato de conseguir travar seu preço no mercado futuro de exportação através da Grão de Ouro Alimentos, a soja consegue garantir uma segurança ao produtor que já sabe a quanto o seu grão será comercializado no momento da colheita.
Nesse contexto, a Forte Grãos aderiu a cultura e se tornou um dos maiores produtores da região sul mineira, totalizando uma área plantada de cerca de 1.700 hectares, dos quais mais de 300 hectares utilizam o método de irrigação de pivô central. Nas últimas safras, a empresa atingiu uma média de produtividade de 58 sacas por hectare, atingindo uma produção total de cerca de 100.000 sacas do grão. Destaca-se méritos de alta produtividade obtidos nessa cultura ao um trabalho profissional exercido no campo, áreas com alto potencial produtivo (especialmente as áreas de irrigação) além da parceria sólida com a outra empresa do Grupo, a Grão de Ouro Agronegócios, com produtos de ponta aliados a assistência técnica de primeira qualidade que conseguem extrair de cada semente o seu mais alto potencial produtivo.

 
 
 

Siga o Grupo Grão de Ouro nas redes sociais

   

 
 
Conheça as empresas do Grupo Grão de Ouro
  • Grupo Grão de Ouro
  • Grão de Ouro Agronegócios
  • Nutrimax
  • Grão de Ouro Alimentos
  • Grão de Ouro Armazens Gerais
  • Interlagos Redistribuição
  • Grão de Ouro Máquinas Agricolas